Alves dos Santos - Colunista

Alves dos Santos - Colunista

Alves dos Santos nasceu a 4 de Fevereiro de 1978 na cidade sul-africana de Johannesburg mas fez-se gente em Machico, terra onde os descobridores portugueses da bela Ilha da Madeira primeiro firmaram pé.

Aí fez os primeiros anos de escola, sempre rodeado de livros – uma paixão que despertou bem cedo, em forma de leitura compulsiva. Mas deixou-se igualmente encantar pelas ciências exatas, tendo prosseguido os seus estudos nessa área na cidade do Funchal e posteriormente ingressado num curso de Engenharia na faculdade de referência em Lisboa.

Foi sobretudo o choque com a saída precoce da sua Ilha e o confronto com a realidade não raras vezes solitária de uma metrópole como Lisboa, que o fez passar da leitura para a escrita.

Alves dos Santos define-se como um escritor que tanto se expressa em Poesia como em Prosa e que se inspira com as realidades do quotidiano.

Tem várias participações em Antologias Poéticas e publicou em 2014 o seu primeiro livro a solo intitulado ‘Poemas de Amor e Outros Labirintos’.

 

página no facebook 
 
 

 

 

 

 

Alves dos Santos - Colunista

A Miragem da Vida ou A Maçadora Caminhada - por Alves dos Santos

A Miragem da Vida ou A Maçadora Caminhada   A vida começa no dia em que, Tomando consciência do mundo Tomamos consciência da nossa existência E, perdidos no centro do deserto, Virgem, sem trilhos nem caminhos, Rodeados por apenas uma imensidão de dourada areia Perdemos o equilíbrio, a inata...

A Batalha da Vida - por Alves dos Santos

A Batalha da Vida   Do alto desta ligeira elevação Que se agiganta perante uma planície que se prostra, Como um súbdito em frente ao seu rei, E que se estende para além do horizonte Vislumbro - ainda ao longe - a vanguarda de um muito temido exército Que se aproxima inexoravelmente, Arrastando...

O Vento - por Alves dos Santos

O Vento   Correndo invisível sinto-o passar por mim com a mesma absoluta indiferença com que te cruzas comigo. Invejo-o quando, passando por ti, te faz estremecer de uma forma que adivinho estar já fora do meu alcance. Nele te reconheço quando, enfurecido, investe toda a sua força na...

O Poema - por Alves dos Santos

O Poema   É de vida que se faz o poema Nos insuspeitos momentos de inspiração que rasgam a monotonia E despertam sentimentos tolhidos por uma profunda letargia Que à força se vertem para uma folha virgem Sem verdadeiramente serem consumidos   É de saudade que se faz o poema Quando a...

Maturidade - por Alves dos Santos

Maturidade   Hoje Conheço o meu valor: Ninguém me rebaixará;   Hoje Tendo suportado anos de solidão: Saberei lidar com a tua indiferença;   Hoje Estou apto a reconhecer os meus erros: Assumirei as suas consequências;   Hoje Percebi que a felicidade é uma escolha interior: Não...

A Fuga - por Alves dos Santos

A Fuga   Sabe-se da vida o que a vida não dá Numa aprendizagem lenta e cruel Que se materializa tortuosamente em nós Entre sonhos negados e desfeitos Sem apelo Sem pretextos Esboroando certezas E transformando um caminho certo Em labirinto Por onde deambulamos Flagelados pela dor de perdas...

Jogo de Sombras - por Alves dos Santos

  Jogo de Sombras   Embrenhou-se na noite Percorrendo ruas estreitas e vielas que, apesar de familiares, Ganham novos contornos Neste choque entre a escuridão e a luz artificial, Que escorre mortiça dos esguios candeeiros de rua, Projetando sombras de formas mutáveis Mas que, ainda assim,...

Primeiro Olhar - por Alves dos Santos

Primeiro Olhar   Desde que se cruzaram os seus olhares Desde esse primeiro momento Amava-a Profundamente Sem razões Ou necessidade de aprovações Talvez sem sentido Mas era assim Factual   Incapaz contudo de o verbalizar Incerto da reciprocidade do olhar Escudava-se nas suas...

<< 1 | 2

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

         

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor